segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Texto: Povos Pré-colombianos: Incas, Maias e Astecas

INCAS, MAIAS E ASTECAS

INTRODUÇÃO

A grande aventura do ser humano na direção da ocupação do planeta começou há mais ou menos um milhão de anos, quando, movidos pela necessidade de espaço e de alimentos, alguns membros que viveram na época do Paleolítico deixaram o lugar em que viviam e partiram para o desconhecido.
Atualmente, existem duas teorias que tentam explicar a chegada do homem ao continente americano: a Teoria Transoceânica e a Teoria de BehringBering. De acordo com a Teoria de BehringBering, com o passar dos anos, grandes alterações de clima, como períodos de grande resfriamento da Terra, resultaram na formação de verdadeiras “pontes de gelo” entre os continentes. E foi por meio de uma dessas pontes, que se formou no Estreito de BehringBering (entre a Rússia e o Alasca) que os primeiros hominídeos chegaram no solo americano. A chegada do homem ao continente americano teria ocorrido há aproximadamente cinquenta mil anos.
Segundo a Teoria Transoceânica, há cerca de dez mil anos os homens que habitavam a Polinésia (na região da Oceania) se locomoveram em direção à América do Sul em pequenos barcos. Esses teriam se movido por meio das correntes marítimas que os conduziram, até chegarem à atual América.
Antes da chegada dos europeus a partir do século XV, calcula-se que havia na América cerca de oitenta e oito milhões de habitantes, divididos em pelo menos três mil nações indígenas. Muitas nações eram aparentadas, outras tinham características bem diferentes. Alguns povos, na verdade a maioria,maioria, eram seminômades, vivendo da caça, da pesca, da coleta e de uma agricultura muito simples, baseada no cultivo da mandioca e do milho. Outros povos já eram muito avançados, alcançando o estágio de civilização (como os maias, os incas e os astecas). Vejamos como viviam estes últimos, os povos pré-colombianos.pré-colombianos.



1. MAIAS
Vindos da América do Norte ,Norte, após décadas vagando pela América Central, os mais estabeleceram-sese estabeleceram no Yucatán e áreas próximas, por volta de 900 a . C. C.
Plantavam algodão, tomate, feijão, batata, cacau e milho. Fabricavam tecidos de algodão e outras fibras, objetos de cerâmica e pedras preciosas,..., além de estabelecer um comércio com os povos vizinhos. Cada cidade maia era como se fosse um “minipaís”, isto é, um cidade-Estado com seu próprio governo, suas próprias leis,... Os camponeses e artesãos pagavam impostos em produtos para uma monarquia hereditária e cujo poder era baseado na origem divina (os deuses davam poder aos reis). Localizavam-se na península de Iucatã, América Central. Sua religião era politeísta, com deuses ligados às forças da natureza.
Quando os espanhóis chegaram à América, essa civilização já estava em decadência. As terras pouco férteis da região obrigavam os maias a realizar um rodízio, que geralmente mantinha a terra boa durante oito a dez anos. Após esse período era necessário procurar novas terras, cada vez mais distantes das aldeias e cidades. O esgotamento das terras, as distâncias cada vez maiores entre elas e as cidades e o aumento da população impuseram à civilização maia uma dura realidade. A fome foi um dos fatores que a levaram à decadência. Além disso, as lutas internas, as catástrofes naturais (terremotos, epidemias, etc.), as guerras externas e principalmente, o declínio da agricultura levaram a sociedade maia à decadência. Assim, quando os europeus chegaram à região, em 1559, os sinais de enfraquecimento dos maias eram evidentes, tornando a conquista mais fácil. E, em 1697, a última cidade maia – Tayasal - é conquistada e destruída pelos colonizadores.


2. ASTECAS
O imperador do Império Asteca comandava vários povos que foram dominados pelos astecas e deviam-lhe impostos. Sua capital, Tenochtitlám, tinha templos, palácios, ruas bem traçadas, mercados, praças e monumentos artísticos (ver figura logo abaixo). Plantavam milho, tabaco, feijão, pimenta, tomate, baunilha, algodão, abóbora, melão,... , em jardins flutuantes (espécies de ilhas artificiais construídas no Lago Texcoco). Essas ilhas eram chamadas de chinampas (ver as duas figuras paralelas).
Todas as terras eram do Estado (governo). Havia um intenso comércio, onde as trocas eram feitas de produto por produto (não usavam moeda). As pedras preciosas (jade, turquesa,...) valiam mais que o ouro e também usavam sementes de cacau como moeda. Produziam tecidos de fibras vegetais e outros instrumentos de cobre, joóias, cerâmicas,... Sacerdotes, comerciantes, nobres e chefes guerreiros eram as camadas mais favorecidas da sociedade.
Os camponeses e artesãos pagavam pesados tributos (impostos), em produtos, ao Estado. Havia também escravos (prisioneiros de guerra, criminosos ou quem não podia pagar suas dívidas). O Estado era comandado também por uma monarquia hereditária e cujo poder era baseado na origem divina (os deuses davam poder ao rei). Sua religião era politeísta e havia sacrifícios humanos aos deuses ligados às forças da natureza. Localizavam-se no México.



3. INCAS

Os Incas plantavam batata-doce, tomate, goiaba, abacate, amendoim, ananás (espécie de abacaxi) e milho. Construíram canais de irrigação, tanques e terraços (“degraus”) nas montanhas para o plantio. Domesticaram o lhama, o guanaco, a vicunha e a alpaca, que serviam para o transporte e fornecimento de carne, lã e couro. O comércio era feito na base da troca de produto por produto. As terras pertenciam ao Estado e em cada “ayllu” (comunidade) eram divididas em: propriedades do Inca (imperador), dos sacerdotes e da própria comunidade local.
Os camponeses eram obrigados a trabalhar primeiro nas terras do Inca e dos sacerdotes, além de construírem obras públicas e trabalhar na mineração. Esse tipo de trabalho era chamado de “mita”. Os grupos mais privilegiados eram os funcionários do Estado, os chefes guerreiros, os sacerdotes e os “curacas” (o chefe local dos “ayllus”). O povo era governado por uma monarquia hereditária e de origem divina. Sua religião era politeísta e ligada às forças da natureza (deus do trovão, do arco-íris, dos planetas,...). Localizavam-se no Peru, ao longo da Cordilheira dos Andes.

5 comentários:

  1. obrigada!! me ajudou muito com uma pesquisa de historia!!

    ResponderExcluir
  2. me ajudo muito em geografia consegui ganhar 2 pontos com isso .

    ResponderExcluir
  3. eh muito bom esse texto ajudou no texto de historia obrigado

    ResponderExcluir